Pelo tombamento da Casa do Jornalista

A Oposição Sindical do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas está mobilizada pelo tombamento da Casa dos Jornalistas, um bem muito importante para formação identitária da categoria no estado. Leia o manifesto e entenda sua importância.

Continuar lendo

Etiquetado , , , , ,

Manifesto Duelo de MCs

O Duelo de MCs é um dos movimentos mais importantes que Belo Horizonte já teve nos últimos anos. Uma apropriação organizada do espaço público que ultrapassa as paredes da inércia e do esvaziamento político das ruas da cidade. Após completar cinco anos o Duelo publicou um manifesto pela atividade, pelo Hip Hop, mas também por uma nova apropriação da cidade. Serve não só para aqueles que freqüentam o Duelo, mas para todos os habitantes da selva urbana.

Etiquetado , , , , ,

Horizonte Submerso

Imagem

Fiz uma breve reflexão sobre as medidas de segurança implantadas pela Prefeitura de Belo Horizonte para minimizar os riscos no período de chuvas fortes. O texto integral está disponível em http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/minhacidade/13.151/4665

Etiquetado , , , , ,

Dez dicas para melhorar os espaços públicos das cidades

O ArchDaily Brasil traduziu “10 Ways to Improve Your City through Public Space” elaborado pelo Project For Public Spaces (PPS). Os pontos são bem interessantes e instigadores para pensarmos a realidade dos espaços públicos no Brasil. Eu resumi ainda mais o material, então se você gostar, visite os links no final e confira as fontes original em inglês e português e o material em pdf publicado pelo PPS.

Dez dicas para melhorar os espaços públicos das cidades

Fonte: ArchDaily Brasil

Continuar lendo

Etiquetado , , , ,

A reconfiguração dos espaços públicos em Belo Horizonte

Imagem

Minha dissertação “A nova capital em movimento : a reconfiguração dos espaços públicos em Belo Horizonte (1897-1930)” defendida em agosto de 2012 na Unicamp está disponível para download na Biblioteca Digital da Unicamp. Um trabalho focado nas transformações ocorridas nos espaços públicos e na noção de público em Belo Horizonte entre 1897 e 1930.  Continuar lendo

Etiquetado , , , , , , , ,

Audiência Pública para discutir a qualidade das ciclovias de Belo Horizonte

Imagem

No dia 6/12, às 13h30min, haverá uma Audiência Pública na Câmara Municipal de Belo Horizonte, no Plenário Helvécio Arantes.

Tema: Ciclovias de Belo Horizonte e outros assuntos relativos à criação de uma cidade mais ciclável.

https://www.facebook.com/events/298249203617526/

Etiquetado , , , ,

APCBH lança ferramenta de busca

APCBH lança ferramenta de busca

Conheça o banco de dados do acervo do Arquivo Público da Cidade de Belo Horizonte: BH em documentos. O site está com novo layout e pode ser acessado porhttp://www.acervoarquivopublico.pbh.gov.br/

Continuar lendo

Etiquetado , , , ,

Em Belo Horizonte, plantio de árvores para compensar cortes não ocorre no mesmo ritmo

Por duas vezes no último mês fui entrevistado pelo Jornal O Tempo sobre a arborização e manutenção das áreas verdes em Belo Horizonte nos últimos anos. Não consegui ter acesso a matéria publicada, mas encontrei um texto da ANDA (Associação Mineira de Defesa do Meio Ambiente) citando alguns dos meus vários comentários feitos por telefone aos repórteres. Eles chegaram até mim pelos comentários que fiz aqui no início do ano passado sobre o corte de árvores no Parque Municipal e pela repercussão da notícia. Fico feliz ao ver a imprensa levantando a questão novamente. A arborização e a manutenção das áreas verdes em Belo Horizonte é discutida desde a fundação da cidade, e já foi sinônimo de desenvolvimento e qualidade de vida, diferentemente do que temos hoje em termos de concepção de cidade. Infelizmente prevalece o asfalto e a ampliação de vias públicas para receberem cada vez mais veículos particulares.

Abaixo vocês podem ler a reportagem dO Tempo comentada pela ANDA:

Continuar lendo

Estamos de volta!

Saudações!

Depois de um tempo parado, sem postar nada, estou retomando as atividades do blog. A idéia é manter a mesma linha de publicações, com comentários, dicas e reflexões curtas sobre o universo urbano em Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil e mundo. Tentarei postar mais resenhas de livros e algumas coisas sobre a minha última pesquisa concluída. Todos são bem vindos Deslocamentos!

 

[...]

Cidade

Diderot no século XVII escreveu na Enciclopédia o verbete “cidade”. Esse verbete traça um panorama histórico e simbólico sobre como as cidades são criadas e, mais do que isso, a forma como o poder na cidade é retirado das mãos dos cidadãos em direção a um outro, garantindo segurança e outras comodidades. Podemos perceber que os ideais Iluministas explicam a sujeição do povo ao poder por meio de um voluntarismo. Os homens por seu próprio interesse aceitariam a subordinação ao poder e as leis da cidade.

Esse pequeno exemplo demonstra o óbvio: a cidade sempre foi um local de poder conformado em uma estrutura que força seus habitantes a uma abdicação constante de suas vontades em prol de uma suposta segurança. O poder pode emanar do povo, mas isso não implica que será gerido por ele.

Mesmo que parte de um circuito de saberes sobre a cidade de Paris…

Ver o post original 1.481 mais palavras

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 247 outros seguidores